Ferramentas Pessoais
Acções do Documento

Segurança Social

Desrição Geral Procedimentos e documentação
Entidade Responsável Taxas e valores a pagar

Desrição Geral

A segurança social é um direito garantido a todo o cidadão moçambicano pela Constituição da República, nos  nºs 1 e 2 do artigo 95 da Constituição da República de Moçambique.

Este sistema visa garantir a assistência material ao trabalhador, nas situações de falta ou diminuição da capacidade para o trabalho. O sistema abrange também aos familiares dos trabalhadores em casos de morte segundo elucida o artigo nº 2 da Lei nº 05/89 de 18 de Setembro.

São abrangidos pelo sistema de segurança social os trabalhadores assalariados nacionais e estrangeiros residentes bem como os familiares sob sua dependência. Podem também ser abrangidos pelo sistema os moçambicanos que laboram no estrangeiro desde que para o efeito tenham sido celebrados acordos sobre a matéria, de acordo com os nºs 1 e 2 do artigo nº 04 da Lei nº 05/89 de 18 de Setembro.

O regime de segurança social compreende os seguintes ramos, segundo elucidam as alíneas a), b) e c) do nº 1 do artigo 05 da Lei 05/89 de 18 de Setembro:
  • O ramo de doença;
  • O ramo de pensões de velhice, invalidez e sobrevivência; e
  • O ramo de subsídio por morte.
No entanto, desde a sua criação o sistema preconiza o alargamento do âmbito material, assim que as condições sócio-económicas o permitirem.


Procedimentos e documentação


Para a inscrição do trabalhador é necessário o seguinte,  conforme elucida o artigo nº 03 das NAPRLSS, aprovadas pelo Decreto 45/90 de 09 de Maio:
  • O trabalhador preencha um boletim de identificação de modelo adoptado pelo Instituto Nacional de Segurança Social, devendo anexar o BI, Cédula pessoal ou Certidão de Nascimento;
  • A entidade empregadora envie o boletim ao Instituto Nacional de Segurança Social, no prazo de 15 dias a contar da data do início da actividade, devendo juntar a Licença de actividade ou autorização de realização da actividade e o BR ou Certidão de Escritura pública.


Entidade Responsável

A entidade gestora do sistema de segurança social é o Instituto Nacional de Segurança Social (INSS), que funciona sob tutela do Ministro do Trabalho e tem a sua sede na Cidade de Maputo. (nº 2, artigo nº2, decreto 17/88 de 27 de Dezembro).


Taxas e valores a pagar

A taxa de contribuição para o sistema de segurança social é de 7 %, sendo 3% descontado do salário do trabalhador e 4 % pago pela entidade empregadora. Em nenhum momento o trabalhador deverá ser obrigado a pagar o valor que cabe à entidade empregadora pagar (artigos nºs 01 e 02 do Decreto 04/90 de 13 de Abril).

As contribuições dos trabalhadores são descontadas directamente dos salários mensais e a entidade empregadora deve incluir na folha de remunerações a parte que lhe cabe pagar e remeter ao Instituto Nacional de Segurança Social.

Como aderir?
Requerimento para a concessão da pensão de velhice ou de invalidez
Pedido de inscrição
Multas e juros de mora
Benefícios concedidos pelo INSS
Evolução anual das prestações - (Nacional)
« Dezembro 2014 »
Do
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031
INTRANET


Quem pode aceder?
Esqueceu a sua senha?