Ferramentas Pessoais
Acções do Documento

Aumenta seroprevalência em Manica

Maputo, 10 Abr. (AIM) – O distrito de Manica, província do mesmo nome, está a registar, nos últimos tempos, um crescente número de pessoas vivendo com o vírus de HIV/SIDA, segundo reporta a edição desta semana do semanário “Domingo”.

Só no ano passado, 9.110 novos pacientes foram inscritos nas diferentes unidades sanitárias daquela região do Centro de Moçambique, contra 5.751 em 2009.
De Janeiro a Fevereiro do presente ano o distrito registou 181 novas infecções e mais de 1.100 doentes em tratamento.
Estes dados foram avançados pela respectiva Administradora distrital, Filomena Manhiça, durante o informe que apresentou á Governadora provincial, Ana Comoana, que durante dois dias visitou aquela parcela do país.
A Administradora disse que, em 2010, mais de 8.550 doentes iniciaram o tratamento anti-retroviral, contra 962 de 2009. 
Segundo Manhiça, o número de consultas clínicas de pessoas vivendo com Sida nas unidades hospitalares do distrito de Manica cresceu na ordem de quatro por cento e o gráfico indica que, só no ano passado, 1.971 pacientes foram atendidos.
O fluxo de estrangeiros, na sua maioria de origem zimbabweana, que procuram melhores condições de vida, aliado a localização geográfica daquele local que é atravessado pelo corredor da Beira, são alguns dos principais factores que concorrem para a ocorrência de altos índices de seroprevalência em Manica.
A Administradora falou ainda do agravamento da prostituição no distrito e o envolvimento de raparigas menores de idade, lamentando a inactividade dos pais e encarregados de educação no controlo dos seus filhos.

« Setembro 2014 »
Do
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930
INTRANET


Quem pode aceder?
Esqueceu a sua senha?