Ferramentas Pessoais
Acções do Documento

Crise económica não afecta ajuda norte-americana a Moçambique

08 de Junho de 2009. A crise económica mundial não vai afectar a ajuda dos Estados Unidos da América a Moçambique. Os americanos garantem manter o mesmo nível de assistência financeira este ano, e subir em 2010.

Este ano os americanos estão a dar 350 milhões de dólares e em 2010 pensam em subir para 373 milhões.

 

Falando num debate subordinado ao tema “O Impacto da Crise Económica Internacional da Política Americana na Ajuda a Moçambique”, organizado pelo Instituto Superior de Relações Internacionais, o encarregado de Negócios, da

Embaixada dos Estados Unidos, adiantou que o seu país vai continuar a priorizar os sectores da Saúde, Educação e Agricultura.

 

Em relação à situação financeira mundial, o encarregado de negócios defende que a crise deve ser transformada em oportunidade, acrescentando que os sinais de soluções já são visíveis e demonstrou estar confiante na capacidade dos governamentes moçambicanos.

 

Todd Chapman defende que, numa situação de crise como a actual, medidas proteccionistas não são aconselhaveis mas sim, há que impulsionar o investimento e o consumo.

 

Nesta vertente, aconselha que o Governo moçambicano aposte na abertura ao investimento, criando um ambiente de negócios favorável.

 

Na ocasião, o membro da diplomacia americana em Moçambique, acrescentou estar em preparação uma conferência  sobre comércio e investimento, agendada para Julho próximo em Maputo, e que contará com a participação de cerca de cinquenta empresários norte-americanos.  

 

« Outubro 2014 »
Do
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031
INTRANET


Quem pode aceder?
Esqueceu a sua senha?