Imprensa

Chissano destaca empenho de Winnie Mandela na luta contra o aparthaid

Chissano destaca empenho de Winnie Mandela na luta contra o aparthaid

A morte da Voz dos sem voz, campeã da justiça e a Mãe da Nação sul-africana, Winnie Madikizela-Mandela, ainda causa dor em África e no Mundo

 Em carta, Joaquim Alberto Chissano, Presidente do Fórum de Antigos Chefes de Estados e de Governos Africanos, endereçou condolências à família de Winnie Madikizela-Mandela. Chissano, que foi presidente de Moçambique entre 1986 e 2005, disse que não restam dúvidas que Winnie Mandela seja ícone internacional na luta contra o apartheid do regime da África do Sul.

O Presidente do Fórum de Antigos Chefes de Estados e de Governos Africanos citou algumas palavras memoráveis da Winnie Mandela, em 1976, onde dizia que: “Se quiseres te tornar livre, tens de tu mesmo quebrar as correntes da opressão. Só desta forma, podemos expressar nossa dignidade. Só depois de libertarmo-nos, podemos cooperar com outros grupos. Qualquer aceitação de humilhação e indignidade ou insulto é aceitação de inferioridade”.  

A carta também cita a mensagem do secretário-Geral das Nações Unidas, António Guterres, que declara que Winnie Mandela é um símbolo de resistência e luta pela justiça. A activista anti-apartheid e ex-esposa de Nelson Mandela vai receber um funeral oficial, no dia 14 de Abril, em Orlando Stadium, antecedido de um velório no dia 11 de Abril.