Imprensa

Tete/Isaura Nyusi apela promoção dos Direitos da Criança

Tete/Isaura Nyusi apela promoção dos Direitos da Criança

 A Primeira-Dama da República de Moçambique, Isaura Nyusi, emitiu um apelo para a promoção dos direitos da criança, idosos e pessoas portadoras da deficiência, no almoço solidário de confraternização havido quinta-feira na cidade central de Tete, província do mesmo nome.

Este almoço de confraternização deve ser um momento de convívio e de troca de experiências e de reflexão sobre os desafios que se nos colocam na promoção e protecção dos direitos da criança, da pessoa com deficiência e da pessoa idosa, disse a Primeira-dama. 
O almoço de confraternização juntou mais de 300 crianças da cidade de Tete e distritos de Moatize, Changara e Marara. A refeição abrangeu também alguns idosos e pessoas deficientes vulneráveis, que agradeceram o gesto e também nas acções que visam travar os casamentos prematuros e desnutrição crónica.
O reencontro constitui, na óptica de Isaura Nyusi, uma prova do compromisso que cada um assume na promoção dos direitos da criança, dos deficientes e idosos, como uma prioridade e obrigação moral de cada um. 
Estamos a escassos dias do mês de Dezembro, um mês tão especial em que comemoramos o Natal ou Dia da Família, um momento que simboliza o amor, a união e a paz e sobretudo uma ocasião para renovar os nossos sentimentos de solidariedade e fraternidade, acarinhando aos que muito precisam deste conforto, por isso, tenhamos como obrigação reforçar o papel da família como o garante da protecção dos seus membros, na transmissão dos valores morais, onde se aprende a respeitar e amar ao próximo, sublinhou.
No fim do almoço, Isaura Nyusi ofereceu meios de compensação a alguns deficientes bem como vários brindes às crianças presentes.
Isaura Nyusi disse que a visita a Tete tem por objectivo inteirar-se da situação dos grupos vulneráveis, como as crianças órfãs, idosos e pessoas com deficiência, mas por um lado para orientar os trabalhos da Gala Beneficente, cujo objectivo é angariar os apoios para as crianças em situação de vulnerabilidade. A Gala Beneficente tem lugar hoje na cidade de Tete, das 18 até cerca de 22 horas.
Isaura Nyusi disse igualmente que a tragédia de Caphiridzange, ocorrida em Novembro de 2016, continua a chocar os moçambicanos, por isso que todo o tipo de apoios deve continuar a ser canalizado para os necessitados, sobretudo as crianças órfãs.
Dados oficiais apontam para 107 o número de pessoas que perderam a vida, devido à explosão do tanque de combustível, que era transportado por um camião da cidade central da Beira com destino ao Malawi.
O Governo alistou 230 crianças órfãs que necessitam de apoio na localidade de Caphiridzanhe, no distrito de Moatize.