Imprensa

Empresariado moçambicano busca apoio financeiro na Noruega

Empresariado moçambicano busca apoio financeiro na Noruega

O Sector privado moçambicano busca apoio da Noruega para financiar diversos projectos de investimento.

Os empresários moçambicanos têm disponível um volume de projectos de cerca de um bilião de dólares norte-americanos a ser apresentado, em Maio próximo, na Conferência Anual do Sector Privado.

O Presidente da Confederação das Associações Económicas de Moçambique, Agostinho Vuma, diz contar com o apoio da Noruega para o financiamento dos projectos.

Agostinho Vuma falava esta quinta-feira no Fórum de Negócios Moçambique-Noruega, que tem lugar, em Maputo, no contexto da visita do Príncipe herdeiro deste país nórdico, Haakon Magno.

Os empresários que integram a delegação norueguesa buscam, assim, oportunidades de investimento em Moçambique.

Oportunidades que devem ter em conta, não só o potencial de Moçambique na área dos hidrocarbonetos, como também no sector agrícola, segundo o Ministro da Indústria e Comércio, Carlos Mesquita.

Ainda assim, o Príncipe herdeiro da Noruega, Haakon Magno, destaca a importância da aposta no desenvolvimento tecnológico para o sector energético.

O Príncipe Haakon disse que a tecnologia é a base para a indústria de energia, sendo, por isso, crucial.

Moçambique ocupa o terceiro lugar na lista de países que recebem mais investimentos da Noruega ao nível da SADC.

Em 2018, aquele país nórdico investiu 2, 5 mil milhões de dólares norte-americanos, no país, sendo a maior parte do valor destinado ao negócio de hidrocarbonetos. (RM)