Imprensa

Mais de 3.500 cidadãos cruzaram a fronteira de Ressano Garcia

Mais de 3.500 cidadãos cruzaram a fronteira de Ressano Garcia

Mais de três mil e quinhentos cidadãos entre nacionais e estrangeiros cruzaram a fronteira de Ressano Garcia, desde a abertura parcial deste posto fronteiriço a 1 de Outubro corrente.

Trata-se na sua maioria de cidadãos que tem como finalidade a actividade comercial, no país e na vizinha África do Sul.

Neste momento, o maior posto fronteiriço do país regista uma redução acentuada do fluxo migratório devido as restrições de circulação impostas pela pandemia da Covide-19.

O Chefe do posto da fronteira de Ressano Garcia Pedro Pene, anotou que esta situação, poderá prevalecer nos próximos tempos devido ao novo coronavírus.

Alguns cidadãos abordados pela nossa reportagem, descrevem alguns constrangimentos devido a necessidade de apresentação do comprovativo do teste da Covid-19. (RM Maputo)