Imprensa

Presidente da República recebe em audiência PCA da TOTAL

 Presidente da República recebe em audiência PCA da TOTAL

O Presidente da República de Moçambique, Filipe Jacinto Nyusi, recebeu em audiência, Sexta-feira, no Gabinete da Presidência da República, uma delegação da Empresa TOTAL, liderada pelo seu Presidente do Conselho de Administração, Patrick Pouyanné.

Durante o encontro, as duas partes debruçaram-se sobre a evolução do projecto de desenvolvimento do Gás Natural Liquefeito, na Área 1 da Bacia do Rovuma e congratularam-se com os progressos que se registam na implementação do projecto, sobretudo o asseguramento dos recursos financeiros necessários, os contratos e a execução das obras no local de desenvolvimento que está num bom ritmo, apesar de desafios iniciais decorrentes da Covid-19.

A liderança da TOTAL reafirmou o seu pleno empenho em continuar a executar o projecto em conformidade com o programa e as metas previstas, tendo agradecido ao Presidente da República e ao seu Governo pelo apoio e empenho que permitiram os actuais progressos.

Na audiência, foi, igualmente, feita uma avaliação sobre a COVID-19, tendo se constatado, com agrado, a observância das medidas de resposta à pandemia e manifestada gratidão pelos apoios prestados que têm permitido atrasar a curva de infecções e tornar sustentável o sistema nacional de saúde.

No encontro foi, também, abordada a questão das vias de comunicação e os esforços em curso para a reposição de pontes e vias de acesso afectadas pelas calamidades naturais.

Outro tema abordado na audiência relaciona-se com o empenho das partes na viabilização da formação e desenvolvimento de aptidões do pessoal local, bem como as medidas visando promover o conteúdo local no projecto de LNG da TOTAL, no quadro da parceria de longo prazo que se está a consolidar.

Congratularam-se pelo lançamento e operacionalização da Agência de Desenvolvimento Integrado do Norte (ADIN), no quadro dos esforços para a promoção do desenvolvimento económico e social integrado das comunidades, nas províncias de Cabo Delgado, Nampula e Niassa.

As duas Partes manifestaram o seu empenho e desejo de manter uma comunicação fluida, de modo a viabilizar a implementação bem-sucedida do projecto, tendo se proposto a criar um mecanismo de articulação regular de alto nível.

(AIM)